Alfonso X
Jogos Modernos
Jogos de Mesa
Jogos Infantis
Jogos para Grupos
Jogos de Rua
Quebra-Cabeça
Jogos de Tabuleiro
Jogos Diversos
Jogos de Boteco
Jogos Matemáticos


Escritos
Concursos



 
QUORIDOR  

Não se vive só de jogo antigos. E nem todo jogo moderno, "de autor", é ruim...

Este parece ser o caso claro e clássico do QUORIDOR.

Recebi uma mensagem de um visitante indagando sobre esse jogo. Na hora não tive tempo de procurar, pois não o conhecia e acabei esquecendo o assunto.

Tempos depois, fazendo uma "limpeza" nas mensagens, lembrei do jogo e resolvi pesquisar, acabando por conseguir fotos e as regras do Quoridor.
Achei o jogo muito interessante...

A idéia do jogo é levar o seu peão até o lado oposto do tabuleiro. Seu oponente deve fazer o mesmo, obviamente. E quem chegar do outro lado primeiro, ganha.
Ocorre, porém, que você tem algumas "cerquinhas" que servirão para impedir o avanço de seu oponente, que fará o mesmo.

Pode ser jogado por 2 ou 4 pessoas. Em duas, temos um jogo estratégico, bem "cerebral". Em quatro, temos um jogo mais rápido e divertido, na medida em que, muitas vezes, apesar de você não ter condições para ganhar, poderá decidir, colocando sua cerca em um ou outro lugar, quem ganha o jogo. Os adolescentes adoram esta versão, pois podem "sacanear" uns aos outros a vontade!

Já tive oportunidade de mostrar o jogo para muitas pessoas. E todas, sem exceção, adoraram o jogo.

Pelo que descobri, esse jogo foi criado pelo italiano MIRKO MARCHESI, no ano de 1997, tendo recebido os seguintes premios:

1997 - Mensa Select
1998 - Games Magazine Game of the Year
1999 - Games Magazine Top 100

 

Foto encontrada na net, do produto da Gigamic games.

Os preços das lojas "gringas", somados ao frete e imposto de importação tornam impraticável a importação de jogos. Mas se quiser tentar, dê uma olhada em www.gigamic.com.

Assim, recorri, mais uma vez, ao amigo ZAMPA, artesão, que produziu o tabuleiro abaixo.
Mais uma vez, tenho em mão uma peça que é uma verdadeira obra de arte.

 

O tabuleiro é grande. A parte de cima abre, para que os peões e as cerquinhas sejam guardadas em seu interior.
Durante o jogo, a coisa fica mais ou menos assim: peças cercadas, caminhos fechados...
Mas as regras exigem que se deixe sempre uma saída ao adversário. O dificil, portanto, é conseguir achar o caminho mais curto para o lado oposto do tabuleiro.

Este jogo é muito bom. Mereceria a atenção de alguma empresa nacional.

Na seção de regras do site, coloquei as regras e a tradução para serem baixadas.

HOME